Morhan Nacional:

Serão lançados no domingo (23), dentro da programação de aniversário da cidade de Itabuna, o projeto Saúde Itabuna e o Mutirão Saúde Itabuna, com o objetivo de consolidar o Sistema Único de Saúde (SUS) e proporcionar um amplo leque de especialidades de baixa complexidade, cobertas pela rede municipal de saúde através do Departamento de Atenção Básica à Saúde.O início dos mutirões está programado para o próximo domingo (23), nas unidades dos bairros Califórnia, Lomanto, Santo Antônio e São Caetano, a partir das 7h30min às 19 horas. Na quinta-feira (27), o mutirão prossegue na unidade do bairro Jorge Amado, a partir das 13h30min, às 19horas. As demais unidades da rede básica de atenção à saúde só terão os seus mutirões nos meses de agosto e setembro, em datas que serão divulgadas posteriormente.Segundo a diretora do departamento, Renata Benevides, o projeto vai possibilitar ao sistema de saúde uma melhor triagem das necessidades de atendimento por parte da população, na medida em que procurar promover a integração dos demais níveis de assistência através de um direcionamento das demandas conforme a necessidade.Com a implantação do projeto, Renata informa que será possível reorganizar a atenção básica municipal para que seja efetivamente a porta de entrada da clientela do SUS, buscar a participação ativa da comunidade nos programas desenvolvidos nas unidades da rede e direcionar a equipe técnica das unidades da rede e a comunidade para os objetivos globais de fortalecimento das unidades básicas de saúde do município.O projeto Saúde Itabuna visa, ainda, dar continuidade aos serviços iniciados com o projeto do Governo do Estado, Mais Saúde Bahia, realizado em forma de mutirão entre os dias 3 e 7 de julho, na Unidade Básica Isolina Guimarães, no bairro Zildolândia, no centro de Itabuna, atendendo os pacientes de tuberculose, diabetes, hanseníase, hipertensão, câncer de colo de útero e anemia falciforme, males detectados com maior freqüência no estado.Com a implementação do novo projeto, a Secretaria de Saúde espera poder conseguir uma sensível melhoria dos indicadores pactuados e acelerar a implantação dos Conselhos Locais de Saúde, nas Unidades Básicas de Saúde, até o final de setembro.
Compartilhe: