Morhan Nacional:

Na última sexta-feira, 25 de setembro, Artur Custódio, Cristiano Torres e Terezinha Yano (coordenador e vice coordenador nacional e coordenadora estadual de São Paulo, respectivamente) se reuniram com moradores do Antigo Hospital Colônia de Santo Ângelo (Hosp. Dr. Arnaldo P Cavalcanti), no município de Mogi das Cruzes, em São Paulo. Participaram ainda outros membros da coordenação estadual (Raimunda Juca Viana, Leda Vilarin, Reinaldo Matos, Luiz Yamashitafuji e Luiz Jose da Silva), além de membros do MORHAN Mogi das Cruzes. Os questionamentos dos moradores giraram praticamente em  torno da Lei 11.520 de 19/09/07. Artur e Cristiano responderam às dúvidas, reconhecendo que, apesar de ter melhorado muito o número de processos avaliados e deferidos, ainda há muito a ser feito. Cristiano ressalta que as pessoas estão trabalhando com lisura na SEDH. Artur reforçou a necessidade de se ter um conselho gestor dentro do Hospital, para que a comunidade possa participar das decisões tomadas. "As ações de  resistência local são  muito importantes. Isso também é cidadania", ressaltou. O coordenador comentou ainda a importância da sinceridade na relação comunidade/direção, pois  é "saudável explicar o que pode ser feito e o que não pode, uma vez que nem tudo está na governabilidade do diretor". Cristiano lembrou que o atendimento ao idoso deve ser prioritário e imediato, de acordo com o Estatuto do Idoso. "Conhecer os seus direitos e lutare por eles ainda é o melhor caminho a seguir". Colaborou: Leda Vilarin
Compartilhe: