Morhan Nacional:

A partir de hoje (18) a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inicia ações integradas de saúde em diversos pontos de Maceió. São serviços de educação em saúde, além de testes para detecção de doenças sexualmente transmissíveis (DST/AIDS) e vacinação. O primeiro local das ações será a Unidade Prisional Baldomero Cavalcante. “O nosso objetivo maior é levar as ações para perto da comunidade. O presídio possui um público mais vulnerável. São cerca de 600 pessoas que vivem em confinamento. A Secretaria está, assim, garantindo a assistência a esse público”, observa Conceição Torres, do Programa Municipal DST/AIDS. A coordenadora lembra, contudo, que a demanda é espontânea, ou seja, somente serão examinados os presos que aceitarem realizar os testes. A SMS prevê que, pelo menos, 50% da população carcerária realizará os testes. Será feita, ainda, na oportunidade, a oficina “Cuidando do Cuidador”. Direcionada para os técnicos do presídio, sua finalidade é instituir uma cultura de humanização. “As oficinas já estão sendo instituídas nas Unidades de Saúde do município. Será uma extensão adaptada à realidade do presídio”, explica Conceição Torres. As ações integradas, que serão realizadas até o dia 17 de novembro, são resultantes do sucesso das CTA’s (Centro de Testagem e Aconselhamento) itinerantes que aconteceram no ano passado. Cinco bairros populosos da capital foram beneficiados, com o saldo de 2.675 testes de DST’s. Destes, foram detectados 152 casos de sífilis e oito de Aids. “Devido à adesão da população, decidimos ampliar a programação, integrando as ações. Nosso objetivo maior é, portanto, mobilizar a população em função da prevenção de males como a hanseníase, tuberculose e DST’s. A SMS busca, com isso, a melhora dos indicadores de saúde do município”, observou o coordenador de ações em Saúde Francisco Mamede. A Unidade Hamilton Falcão, no dia 28 deste mês, será o próximo local das ações. Em seguida, serão contemplados a Unidade Básica de Saúde (UBS) Pimentel Amorim (14/08), PAM Bebedouro (17/08), Unidade Prisional Cyridião Durval (19/09), UBS Arthur Ramos (17/10) e UBS Teresa Barbosa (17/11). (Secom Maceió).
Compartilhe: