Morhan Nacional:

Um projeto desenvolvido por estudantes de nutrição está melhorando a qualidade de vida de pessoas com AIDS e hanseníase. A proposta está sendo desenvolvida na cidade mineira de Passos e já está dando resultados. Uma equipe muldisciplinar atende os internos e os ensina, no tempo ocioso, a preparar alimentos simples. Um dos exemplos é o uso do abacaxi. Depois de descascar a fruta, em vez de jogar a casca no lixo, eles ensinam os internos que é possível fazer um suco com essa casca. A sobra do arroz que normalmente iria para o lixo junto com tomate acaba se transformando num prato simples e barato. Além de aprender as técnicas, eles se sentem úteis, pois podem ensinar esses pratos aos familiares.Segundo o Dr. Carlos Alberto Faria, "os internos apresentam um déficit muito grande de vitaminas e se eles aprendem a extrair tudo o que um alimento pode oferecer o ganho de peso é certo." Ainda segundo o médico, a auto-estima é um bem que precisa ser preservado.
Compartilhe: