Morhan Nacional:

Para comemorar o “Dia Mundial de Combate a Tuberculose”, funcionários da saúde apresentaram paródias, peças teatrais, fantoches e poesias para mostrar através da arte, como é fácil se tratar do mal da hanseníase e da tuberculose. Segundo a Coordenadora Estadual da Tuberculose, Clenice Gomes de Sousa, o Estado de Rondônia tem 654 casos notificados de tuberculose. Desses, 558 são casos novos diagnosticados em 2005. A meta nacional no combate a tuberculose é de 70% de detecção, 85% de cura e 5% de abandono nos tratamentos. Cacoal superou estas metas, com 100% de encerramento dos casos, e com 93,8% de casos curados. “A eficiência operacional e o apoio dos gestores da saúde fizeram com que Cacoal recebesse este prêmio. O apoio dos agentes de saúde foi essencial, pois sem eles, o combate à tuberculose seria impossível”, afirma a Coordenadora. Durante seu discurso, a prefeita Sueli Aragão falou sobre a importância desse prêmio e agradeceu a cada servidor da saúde, “Já ganhei muitos prêmios na minha vida política, mas este vem com um gostinho de quero mais, pois foi planejado na minha gestão passada e hoje estou colhendo os frutos juntamente com esta equipe maravilhosa e com o povo de Cacoal”, afirma a prefeita. A Coordenadora de Unidades Básicas de Cacoal, Conceição de Oliveira, foi homenageada pela prefeita Sueli Aragão durante a solenidade. “Com a entrega deste certificado em excelência para a enfermeira Conceição, estendo aos agentes de saúde meu reconhecimento ao esforço de cada um. Este certificado pertence a vocês”, enfatiza a prefeita. Para a Secretária Municipal de Saúde, Isabel Velasco, este prêmio é fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido há muito tempo, e agora estamos colhendo os frutos desta semente que foi semeada no passado. A Vereadora Raquel Carvalho, presidente da Câmara Municipal, parabenizou a administração da Prefeita Sueli Aragão e falou sobre a importância de cada servidor neste prêmio que hoje Cacoal recebe. Estiveram presentes no evento os Vereadores Antônio Masioli, Chiquinho da Funai, Paulo de Paula e Katatal, Ivani Gromann (Coordenadora de Epidemiologia) e Galdina Secco Camargo representando a Delegacia Regional de Saúde.
Compartilhe: