Morhan Nacional:

Janeiro Roxo - Em Rio Branco/AC, Dia D de luta contra a hanseníase acontece no dia 31 de janeiro

JANEIRO ROXO

Em Rio Branco/AC, Dia D de luta contra a hanseníase acontece no dia 31 de janeiro

 

No Janeiro Roxo, mês em que campanhas em todo o mundo chamam a atenção para a hanseníase, o Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (Morhan) promove ações regionais, nacionais e internacionais para multiplicar uma informação potente e que precisa ser amplamente conhecida: hanseníase tem cura! No estado do Acre, a campanha vai movimentar algumas comunidades da capital Rio Branco, com capacitações, busca ativa de casos e atendimentos em saúde, entre os dias 26 e 31 de janeiro, o Dia D da mobilização (confira abaixo).

 

Os bairros prioritários para as ações serão: Santa Cecilia, Albert Sampaio, Belo Jardim e Liberdade, todas comunidades próximas à ex-colônia Souza Araújo. As ações são uma realização do Morhan-Acre, em parceria com a área técnica da hanseníase do município, a Central de Articulação das Entidades de Saúde do Acre (CADES), a Casa de Acolhida Souza Araújo e as associações de moradores dos quatro bairros envolvidos.

 

Cenário preocupante

Em 2016, o Acre registrou 116 novos casos de hanseníase, o que significa uma taxa de 14,2 casos novos por cem mil habitantes, um número que está acima do recomendado pela Organização Mundial de Saúde e que exige atenção, medidas de diagnóstico precoce e garantia de tratamento. Dados preliminares de 2017, indicam o registro de 120 novos casos, sendo 54 em Rio Branco.

 

 

Confira o conjunto de ações do Janeiro Roxo em Rio Branco:

 

26/01 Encontro de capacitação com a área técnica de hanseníase do município com os Agentes Comunitários de Saúde de Rio Branco

27 e 28/01 Visitas domiciliares dos voluntários do Morhan nos bairros prioritários

29/01 ACSs vão à campo com os voluntários do Morhan, fazer busca ativa de casos e colocar em prática o aprendizado da capacitação

31/01 Dia D de Mobilização, na escola Raimundo Hermínio de Melo, bairro Santa Cecília, das 8 às 12h: palestras, testes de sensibilidade para diagnóstico de hanseníase, testes rápidos de outras doenças, atendimento com clínico geral e fisioterapeuta

 

 

Hanseníase tem cura! Saiba mais sobre sinais e sintomas no link: http://www.morhan.org.br/sobre_hanseniase

 

 

:: Atenção jornalistas para a terminologia correta ao falar sobre hanseníase, saiba mais aqui ::

 

 

Utilidade pública:

A população pode se informar sobre a doença, como funciona o tratamento, que serviços procurar e muito mais sobre hanseníase através do TeleHansen e do ZapHansen do Morhan:

 

TELEHANSEN 0800 026 2001

 

ZAPHANSEN (21) 97912 0108

 

 

Compartilhe: