Morhan Nacional:

Aprovado projeto de lei que institui a Semana Estadual Padre Bento

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou nesta terça-feira (17/09), por unanimidade, o Projeto de Lei nº 375/2013, de autoria da deputada Rita Passos, que institui a Semana Estadual Padre Bento, a ser realizada anualmente entre os dias 14 e 20 de setembro. A proposta segue para apreciação do governo paulista e representa um avanço substancial na prevenção da hanseníase.

Para quem não conhece sua história, padre Bento viveu no município de Itu no século 19. De família rica, abdicou de sua fortuna para ajudar os hansenianos e foi prestar serviços na Chácara da Piedade, onde trabalhou pelos enfermos sem temer o contágio.

Em Itu, é realizada a 44ª edição do evento, que vai até o dia 22. A cada ano, este trabalho exemplar reúne a comunidade católica, profissionais da saúde e movimentos sociais com celebrações de fé, palestras e exames de diagnóstico feitos pela Carreata da Saúde.

A proposta é levar o mesmo trabalho para os municípios paulistas. A Semana Estadual Padre Bento é uma forma de manter viva não só a sua memória, mas de renovar a causa pela qual dedicou a sua vida.

Hanseníase - doença infecciosa que atinge a pele e os nervos dos braços, mãos, pernas, pés, rosto, orelhas, olhos e nariz. Pode causar deformidades físicas que podem ser evitadas com o diagnóstico. O tratamento é ambulatorial, com doses mensais de medicamentos.

No Brasil, os diagnósticos de hanseníase diminuem a cada ano. Em São Paulo, por exemplo, os casos caíram pela metade na comparação entre 1990 e 2006, segundo estudo do Ministério da Saúde publicado em 2009. Mas ainda há muito a avançar no sentido de estabelecer parcerias, mobilizar a sociedade e definir políticas públicas eficazes no diagnóstico e tratamento da doença. Por isso, a deputada Rita Passos mantém o seu propósito de levar adiante este projeto que, concretizado, será uma importante ação para contribuir com a saúde da população paulista.

Compartilhe: