Morhan Nacional:

O Dia Mundial da Luta contra a Hanseníase, instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o último domingo do mês de janeiro, contará com ações de voluntários e artistas ligados ao MORHAN na próxima terça-feira, das 7h às 18h, na estação Central do Brasil do metrô. Atividades também serão desenvolvidas em vários estados, como Minas Gerais, Ceará, Piauí e Acre. A atriz Elke Maravilha e o cantor Wanderley Cardoso, além de voluntários do MORHAN e do Centro Cultural Aldebaran, estarão distribuindo panfletos e alertando a população sobre os sinais e sintomas da doença - na maioria dos casos, manchas esbranquiçadas ou avermelhadas, que não têm sensibilidade. Profissionais do Instituto de Dermatologia Sanitária (Ieds), antigo hospital-colônia do Curupaiti, apoiarão a ação e estarão examinando os casos sintomáticos. A atividade contará ainda com o apoio de equipes da Santa Casa de Misericórdia, de enfermagem da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e de representantes das secretarias estadual e municipal de Saúde. As unidades (públicas) do SUS devem oferecer medicamentos gratuitamente doados pela Fundação Novartis para Organização Mundial de Saúde (OMS), que repassa para o mundo todo. - Apesar de ser uma doença com 100% de cura, ainda temos altos índices de casos e de sequelas no país, além de lutarmos contra o preconceito, tão preocupante quanto o fato de o Brasil, hoje, registrar cerca de 40 mil novos casos de hanseníase a cada ano, inclusive boa parte em crianças. O Brasil é o primeiro país no mundo em índice de casos da doença - alertou Artur Custódio Moreira de Souza, conselheiro nacional de Saúde e coordenador do Morhan. Informações pelo Telehansen 08000-26-2001, com ligação gratuita de qualquer parte do país, com exceção do estado do Rio (2502-0100), através do qual o Morhan tira dúvidas, encaminha denúncias e participa de campanhas. A campanha do Dia Mundial da Luta contra a Hanseníase conta ainda com o apoio do Riosolidário, Secretaria Municipal de Saúde, Barcas/SA, concessionária Ponte S/A e OGX.  
Compartilhe: