Morhan Nacional:

Uma comissão formada pelo MORHAN Rio Branco (AC) composta pelo coordenador José Gomes da Silva, o vice-coordenador João Jacinto da Silva e o voluntário Elson Dias da Silva, estiveram, no último dia 17, às 16h, em uma reunião com o Secretário de Saúde do Estado Dr. Osvaldo Leal Junior. O objetivo da reunião foi buscar apoio junto à Secretaria para as pessoas que foram isoladas e internadas compulsoriamente e hospitais colônias até 31 de dezembro de 1986.   A equipe teve o acompanhamento da fisioterapeuta e responsável técnica pelo Programa Estadual de Dermatologia Sanitária, Franciele Gonçalves, do responsável técnico pelo Programa de Dermatologia Sanitária de Cruzeiro do Sul, Paulo Martins da Silva, e de José Peixoto, ex-funcionário do antigo dispensário de lepra de Cruzeiro do Sul.   “Aqui no Acre, essas pessoas estão com dificuldades de receberem sua pensão por falta de documentação da época de isolamento”, informa Élson Dias. Segundo o voluntário, Secretário de Saúde ficou muito sensibilizado pela causa e deve nomear uma comissão composta por membros da Secretaria de Saúde do Estado e Secretaria dos Direitos Humanos para realizar um levantamento de todos que realmente estiveram isolados e internados nos hospitais colônia Hernandes Agrícola, em Cruzeiro do Sul e Souza Araújo, em Rio Branco. Após o levantamento, a comissão vai ouvir cada um e encaminhar todos os processos levantados para a Secretaria Especial dos Direitos Humanos em Brasília. A fisioterapeuta e responsável técnica pelo Programa Estadual de Dermatologia Sanitária, Franciele Gonçalves, e o responsável técnico pelo Programa de Dermatologia Sanitária de Cruzeiro do Sul, Paulo Martins da Silva irão fazer parte da comissão.   O MORHAN de Rio Branco acompanhará mais de 600 requerimentos. “Até agora, foram aprovados aproximadamente 200 processos. Acredito que o Secretário de Saúde do Estado Osvaldo Leal se sente muito feliz em colaborar com este povo que no passado foi tão discriminado. Esse povo merece nosso carinho e dedicação, são pessoas maravilhosas, alegres e que nos dão muita força para juntos continuarmos lutando em benefício dos mais carentes”, encerra Dias.
Compartilhe: