Morhan Nacional:

É com muito pesar que o MORHAN e o Conade – Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência noticia o falecimento, aos 70 anos, do seu ex-presidente, Professor Adilson Ventura, ocorrido em 04/10/2010. O corpo será cremado em Camboriú/SC. Formado em história e pedagogia, o professor Adilson Ventura estruturou a educação para pessoas com deficiência visual em Santa Catarina. Em março de 2002, foi eleito presidente do Conade, à frente do qual permaneceu durante dois mandatos, até 2006, durante os quais defendeu o cumprimento da legislação brasileira que cuida dos direitos da pessoa com deficiência. Em 2005, coordenou a I Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, ocasião em que lançou a Campanha Nacional da Acessibilidade. O professor Adilson Ventura era deficiente visual desde os 13 anos de idade, em virtude de uma infecção na retina, que provocou a atrofia do nervo ótico. A sua participação no movimento iniciou-se em 1977 quando, juntamente com um grupo de pessoas com deficiência visual, fundou a Associação Catarinense para Integração do Cego (ACIC). Sua trajetória inclui a participação em várias entidades e eventos nacionais e internacionais voltados à deficiência visual. Além do Conade, ele presidiu a Associação Brasileira de Educadores de Deficientes Visuais (Abedev), a União Latino-americana de Cegos (Ulac) e a União Brasileira de Cegos (UBC). Adilson Ventura recebeu o Prêmio Direitos Humanos em 2006 e 2007, concedido pelo Governo Federal através da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e a medalha de Honra ao Mérito Dom José Gomes, da Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina. O colegiado do Conade está em luto pela grande perda do amigo e eterno conselheiro ao tempo em que alia-se a família nesse de dor e saudades.
Compartilhe: