Morhan Nacional:

O MORHAN vai ingressar com uma representação, junto ao Ministério Público Estadual, nessa terça-feira (dia 3), às 15h30, contra o advogado Ércio Quaresma, que defende o ex-goleiro do Flamengo Bruno no caso Eliza Samúdio, por declarações ofensivas aos portadores de hanseníase. Recentemente, Ercio comparou Bruno a "leprosos de antigamente porque ninguém quer chegar perto dele". Segundo o artigo 5 da Constituição Federal, a afirmativa denota preconceito em relação a portadores de hanseníase, ferindo direitos e garantias constitucionais. Uma caravana com representantes de portadores da doença, inclusive de outros estados, seguirá para o MPE (Avenida Marechal Câmara, 370 - Centro). A representação é assinada pelo advogado Carlos Nicodemos.
Compartilhe: